cheap jerseys| wholesale jerseys| Cheap Jerseys Hot Sale For World Cup| Cheap NFL Jerseys Supply, Wholesale Jerseys China Free Shippi| Cheap authentic jerseys,Wholesale jerseys Quality Cheap Jerseys| Cheap China Jerseys From China Wholesale NFL Jerseys Free Shipping| Wholesale NFL Nike Jerseys Free Shipping For Sale Cheap | cheap jerseys from china:wholesale jerseys free shipping| Cheap China Jerseys From China Wholesale NFL Jerseys Free Shipping| NFL Jerseys China: Authentic Quality Cheap Jerseys

[Resenha/Crítica]: O Nó do Diabo

Resquícios de um passado sombrio.

O cinema brasileiro tem evoluído constantemente, trazendo novas experimentações, suas narrações e amarrações mostram que as produções não precisam seguir sempre uma mesma cartilha. Hoje temos filmes com uma gama de nuances, abraçando várias vertentes, de e para todo tipo de público, são filmes que contemplam a sociedade contemporânea e suas mudanças advindas de muita luta e companheirismo, sobre aceitação do amor livre, dramas açucarados, comédias escrachadas, violência estilizada e o terror, com pitadas no sobrenatural e, tudo isso faz um bem danado para o nosso audiovisual.

O Nó do Diabo abraça o terror com um dos temas que já nasceu com os sinônimos da repulsa e do pavor, a escravidão dos negros no Brasil, e seus resquícios e malefícios perduram até hoje, nas ações e nas emoções, são sentimentos que não se curam facilmente.

O filme se divide em cinco contos, em épocas distintas, começando em 2018 e voltando até 1818, sempre com o viés do sofrimento do negro, seja no presente com marcas do passado, ou no passado com os abusos que a escravidão permitia.

O melhor de O Nó do Diabo é a colocação do protagonismo negro em evidência, aqui não existe o sofrimento pelo sofrimento, ele vem banhado de história, uma história sanguinária, sofrida e de grande desespero. O negro é o centro que faz girar o nó que insiste em não ser desatado. A luta é atual e constante.

As cinco histórias usam de um terror clássico dos anos 60 e 70, com violência estilizada e trilha sonora esganiçada, onde tudo isso faz diferença, para o bem e para o mal, são essas peças que fazem crescer o nosso incômodo, trazendo o terror em sua forma mais cruel imaginada. Os personagens opressores existem no ontem e no hoje, e são bem claros em suas atitudes, são pessoas que detém certo poder, e esse poder também parece ter sido amarrado e é nó que não desata tão facilmente. Desatar nós malditos e batalha de todos os dias.

O Nó do Diabo é uma grata surpresa no gênero do terror brasileiro, e não poderia ter sido mais feliz em juntar o horror da escravidão e marginalização do negro com o típico sobrenatural, enraizando dor e luta, fazendo delas uma única palavra de ordem. A luta continua.

Nota do CD: 4/5
Sinopse:Cinco contos de horror. Uma fazenda tomada por horrores a mais de duzentos anos. Cinco encontros com a morte. Um nó que não se desata.
Trailer do Filme:

Ficha Técnica:
Direção: Ramon Porto Mota, Gabriel Martins, Ian Abé e Jhésus Tribuzi
Drama/Suspense/Terror, 124 min, 2016, PB, 16 anos
Elenco: Fernando Teixeira, Isabél Zuaa, Cíntia Lima, Edilson Silva, Tavinho Teixeira, Clebia Sousa, Alexandre Sena, Miuly Felipe da Silva, Yurie Felipe da Silva, Zezé Motta, Everaldo Pontes
Produção executiva: Ramon Porto Mota e Lucas Guimarães Salgado
Direção de Fotografia: Leonardo Feliciano
Direção de Arte: Manoele Scortegagna
Montagem: Daniel Bandeira e Raphael Borghi
Música: Daniel Jesi,  Rieg Rodig, Carlos Montenegro, Claudio N, Luiz Pessoa e  Vito Quintans
Figurino: Aurora Caballero e Alan de Abrantes
Som direto: Bruno Alves
Desenho de som: Catarina Apolonio e Raul Arthuso

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Categoria: Detalhando, Festival de Brasília, Nacional, Resenhas de Filmes, Terror, Vavá Pereira

Sobre o autor ()

Um publicitário que ama os filmes desde que nasceu. De Closer a O Senhor dos Anéis, de Uma Linda Mulher a O Poderoso Chefão. Sim, eu amo Julia Roberts! Gosto de quem gosta dos filmes que gosto, mas gosto mais ainda de quem não gosta, pois uma boa discussão não faz mal a ninguém.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Why I Really Like College Football
Your Ultimate Guide On Cheap Nfl Jerseys
Popular Associated With Basketball Jerseys
Showing Of The Nfl Football Jerseys
Most Baseball Players May These Hitting Problems
Sports Team Shower Curtains
Nothing Wrong With Logos On Wnba Jerseys
Be An Actual Fan And Pick The Most Beneficial Nike Nfl Jersey
When Referring To People Think Get Good Quality Nfl Jerseys
How To Preserve Your Valuable Football Cards Collection
Mavs' Bench Brigade Happens Short In Game 1
cheap jerseys
wholesale jerseys
cheap nfl jerseys
wholesale jerseys
cheap nba jerseys
cheap mlb jerseys
cheap nfl jerseys
cheap jerseys