cheap jerseys| wholesale jerseys| Cheap Jerseys Hot Sale For World Cup| Cheap NFL Jerseys Supply, Wholesale Jerseys China Free Shippi| Cheap authentic jerseys,Wholesale jerseys Quality Cheap Jerseys| Cheap China Jerseys From China Wholesale NFL Jerseys Free Shipping| Wholesale NFL Nike Jerseys Free Shipping For Sale Cheap | cheap jerseys from china:wholesale jerseys free shipping| Cheap China Jerseys From China Wholesale NFL Jerseys Free Shipping| NFL Jerseys China: Authentic Quality Cheap Jerseys

[Resenha/Crítica]: Planeta dos Macacos: A Guerra

César e o seu olho humano.

Depois de Logan, pensei que teria acabado o estoque de filmes blockbuster, com pegada sentimental, que deixa os seus espectadores arrasados, chorando feito crianças. O novo filme Planeta dos Macacos é bem isso. E já pode ser considerado um dos melhores filmes dos “bichinhos”, não só pelo lado emocional da coisa, mas conseguindo mostrar a vertente do bem e do mal, da parte do homem e da parte do animal (macaco), fazendo um paralelo de feridas não cicatrizadas, o que não é pouco de um filme para todo tipo de público. Logan e César estão ali, bem juntinhos, na emoção que nos aflige. E cinema precisa disto: grandes emoções. Isso é importante, e é perceptível quando um roteiro é estruturadíssimo, em que situações são bem orquestradas, fluem sem se tornarem forçadas, e quando falamos de filmes, que investem muito dinheiro, não é todo dia que isso acontece. No Planeta dos Macacos – A Guerra, os personagens principais, humano e animal, carregam grande carga psicológica, envolvendo toda uma questão recente de suas vidas, coisas que aconteceram com os seus refletem suas ações, para o bem ou para o mal. E para gerenciar essa questão é preciso ser muito animal ou muito humano, mas dosar as questões é primordial para o bem comum, porque a guerra começa dentro de cada um, podendo se tornar, insanamente, incontrolável.

A briga entre os humanos e os macacos parece não ter fim. O poder parece sucumbir às raças. Ah, mas isso é comum às mesmas raças também. O homem mata o homem, o macaco mata o macaco. Tem haver com o poder que um quer ter sobre o outro, tem haver com o não respeitar, tem haver com a dominação, tem a ver com a política. Quando isso vai acabar? Ah, talvez quando o mundo acabar. Quando alguma raça, ou todas, destruírem a nossa morada. Mas pode haver esperança. Todo ser tem o lado bom, e esse lado precisa sobressair. No Planeta dos Macacos – A Guerra, César, o macaco, em nenhum momento quer lutar, brigar. O macaco é pacifista, só luta quando não há mais chance de ser diferente. Só quando é o “matar ou morrer”, e mesmo assim, ele ainda “luta” para não ser assim. É o macaco fazendo o papel do humano. É o macaco usando de toda a humanidade que nos caberia. César é um personagem com várias camadas, vem sendo destrinchado desde os outros filmes da franquia. E o trabalho de corpo e olhar do ator que dá vida a César, Andy Serkis é uma coisa descomunal, tanto que em certos momentos esquecemos que ele é um macaco, pois o seu olhar transmite todos os sentimentos que o humano é capaz de transparecer. O olhar de César nos comove, trazendo sentimento de irmandade, de amor. A produção, cada vez melhor, usa técnicas inimagináveis, até pouco tempo atrás. Ela humaniza o macaco como se ele fosse a mais pura inteligência das criaturas. E isso pode ser muito real. César é um ser que luta com destreza e cheio de atitude. Ele faz do macaco, não uma espécie superior, mas uma espécie igualitária ao ser humano. César traz verdade no olhar. César é a junção de duas espécies que se tornam uma mais elevada. E isso faz com que sejamos cúmplices dos sentimentos e das atitudes de César. César fica cada vez mais perto de nós. César nos iguala. Macaco e homem, uma coisa só.

Planeta dos Macacos – A Guerra fecha um ciclo bem pensado acerca do filme blockbuster, podendo-se unir um bom roteiro com personagens carismáticos, ação com parcimônia e, claro, com muita emoção envolvida. É o filme que tudo se justifica, tudo tem a sua ordem. A gente se preocupa com aquelas vidas. A bondade, a maldade, o riso (bem pouco, ainda bem), a trilha sonora que te embala como se pedisse colo, e a “humanidade” dos macacos, dando uma seta para os humanos, mostrando qual caminho precisa ser percorrido, é bem fácil, basta querer. E não tem como não amar cada vez mais os macacos. Vai que é tua, César.

Nota do CD:

[Rating: 4/5]

Sinopse:César e seu grupo são forçados a entrar em uma guerra contra um exército de soldados liderados por um impiedoso coronel. Depois que vários macacos perdem suas vidas no conflito, César luta contra seus instintos e parte em busca de vingança. Dessa jornada, o futuro do planeta poderá estar em jogo.

Trailer do Filme:

Ficha Técnica:
Gênero: Ação
Direção: Matt Reeves
Roteiro: Mark Bomback, Matt Reeves
Elenco: Aleks Paunovic, Alessandro Juliani, Amiah Miller, Andy Serkis, Chad Rook, Gabriel Chavarria, James Pizzinato, Judy Greer, Karin Konoval, Max Lloyd-Jones, Mercedes de la Zerda, Michael Adamthwaite, Sara Canning, Steve Zahn, Terry Notary, Timothy Webber, Woody Harrelson
Produção: Amanda Silver, Dylan Clark, Peter Chernin, Rick Jaffa
Fotografia: Michael Seresin
Montador: William Hoy
Trilha Sonora: Michael Giacchino
Duração: 140 min.
Ano: 2017
País: Estados Unidos
Cor: Colorido
Estreia: 03/08/2017 (Brasil)
Distribuidora: Fox Film do Brasil
Estúdio: Chernin Entertainment
Classificação: 14 anos

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Categoria: Ação, Detalhando, Em Cartaz, Resenhas de Filmes, Vavá Pereira

Sobre o autor ()

Um publicitário que ama os filmes desde que nasceu. De Closer a O Senhor dos Anéis, de Uma Linda Mulher a O Poderoso Chefão. Sim, eu amo Julia Roberts! Gosto de quem gosta dos filmes que gosto, mas gosto mais ainda de quem não gosta, pois uma boa discussão não faz mal a ninguém.

Comentários (1)

Trackback URL | Comentários de RSS Feed

  1. CARLOS EDUARDO SATHLER CAMPOS disse:

    Bravo. Esse comentário do seu perfil sintetiza tudo que eu queria dizer sobre mim e não havia conseguido até então. Bravo irmão. Abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Be An Actual Fan And Pick The Most Beneficial Nike Nfl Jersey
When Referring To People Think Get Good Quality Nfl Jerseys
How To Preserve Your Valuable Football Cards Collection
Mavs' Bench Brigade Happens Short In Game 1
Bicycling Safety And Clothing Tips
Three Cool Baseball Gears That Require Have
Sports Party Ideas - Have A Ball That Party Theme
Mlb Jerseys: Buy In Front Of The Next Season
Why You Need Collect Hockey Jerseys
The House Of Perfect Sports Bags That Fulfill All Needs
Where Discover Discount Sports Gear
cheap jerseys
wholesale jerseys
cheap nfl jerseys
wholesale jerseys
cheap nba jerseys
cheap mlb jerseys
cheap nfl jerseys
cheap jerseys