[Resenha/Crítica]: Moonlight – Sob a Luz do Luar

     16143337_1578312192184966_7100625145880169793_n

Com estréia prevista para 23 de fevereiro, um dos fortes candidatos aos prêmios do Oscar nos faz refletir sobre as diferenças.

Ao final de Moonlight, ficamos em estado reflexivo. Após a jornada de Chiron, o protagonista que baila pelo roteiro de Barry Jenkins, toda uma vida nos é acometida e está em nossas mãos concluir o que ela significa.
Distante de deixar o expectador com percepções pré-concebidas, é principalmente no olhar das personagens que mora o sentimento de cada uma. E ele diz muito!


O longa causou admiração por onde passou no último ano e, não à toa, levou o prêmio de melhor filme dramático no recente Globo de Ouro.C1WvGr7XEAAr-oP


Dirigido e Roteirizado por Jenkins no seu primeiro trabalho de destaque, Moonlight nos apresenta o garoto, o jovem e o homem adulto Chiron. Sua fase infância-adolescência foi bem marcada pela perseguição dos “colegas” de bairro e escola. Afinal, não é fácil ser diferente ou ter comportamentos que soam fora do padrão da maioria. Vivendo com uma mãe drogada (a excelente Naomi Harris), Chiron encontra o apoio que precisa junto ao casal protagonizado por Mahershala Ali e Janelle Monáe (ambos em grande momento).


Até que o único amigo que pode considerar existente no seu mundo, sintoniza o seu estado de espírito e lhe traz a certeza que tanto busca.

No entanto, é na segunda metade do longa que podemos ver a grande força que Moonlight tem. Chiron, agora “Black”, (aqui interpretado pelo excelente Trevante Rhodes) reencontra depois de anos o amigo Kevin (Andre Holland). Sentimentos pulsam na tela nos olhares, nas palavras não ditas. A busca do ser humano pelo afeto, pelo amor, pelo carinho são a grande válvula que movimenta a nossa vida e a destes personagens.
E, como citei no início, para que nos entregar algo “pronto” quando o ato de viver é, acima de tudo, algo construído momento à momento?

Nota do CD:
[Rating: 4.5/5]

Sinopse:
Black tenta escapar a todo custo do caminho fácil da criminalidade e do mundo das drogas em Miami. E é assim que ele começa a trilhar uma jornada de autoconhecimento. Encontrando amor em locais surpreendentes, ele sonha com um futuro maravilhoso.

Trailer do Filme:

Ficha Técnica:
Gênero: Drama
Direção: Barry Jenkins
Roteiro: Barry Jenkins, Tarell McCraney
Elenco: Alex R. Hibbert, Ashton Sanders, Duan’Sandy’ Sanderson, Eddie Blanchard, Edson Jean, Fransley Hyppolite, Herman ‘Caheei McGloun, Herveline Moncion, Jaden Piner, Janelle Monáe, Jesus Mitchell, Jharrel Jerome, Kamal Ani-Bellow, Larry Anderson, Mahershala Ali, Naomie Harris, Patrick Decile, Rudi Goblen, Shariff Earp, Tanisha Cidel
Produção: Adele Romanski, Dede Gardner, Jeremy Kleiner
Fotografia: James Laxton

Tags: ,

Categoria: André Leporati, Detalhando, Drama, Gênero, Resenhas de Filmes

Sobre o autor ()

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *