wholesale nfl jerseys
authentic cheap nfl jerseys

Crítica: Larry Crowne – O Amor Está de Volta (Larry Crowne)

Em 1996 o ator Tom Hanks decidia que era hora de arriscar na direção e foi responsável por comandar a produção The Wonders: O Sonho não acabou. Em sua primeira atividade por trás da câmeras, o ator/diretor foi muito elogiado e conseguiu agradar grande parte do público. Agora 15 anos depois, ele novamente apresenta um trabalho como diretor, mas desta vez parece não ter acertado e entrega ás salas de cinema um filme com grande potencial, mas que terminou ficando sem vida e sem sal. Como protagonista é até nítido o quanto ele se esforça para conquistar a platéia, mas a falta de conflitos e o romance mal justificado, terminam colocando os pontos positivos à perder.

Na trama, Larry é um funcionário aplicado e que trabalha em na rede de supermercados Umart. Após achar que seria considerado pela nona vez seguida o funcionário do mês, o bom moço termina sendo demitido sob a justificativa de não possuir um curso de nível superior e por não ter oportunidade de crescimento dentro da organização. Ainda assustado com a notícia, a solução mais prática encontrada por ele foi entrar rápido numa universidade e correr atrás de um diploma. Na faculdade Larry aprende novos pensamentos, novas atitudes e maneiras de se vestir, faz novas e boas amizades e termina se inscrevendo numa matéria, pela qual foi informado ser capaz de mudar sua vida e conhece a professora Mercedes Tainot, que será alguém especial para ele.

Vemos, na sinopse, uma história perfeita para colocar o personagem em conflitos e encarar adversidades, pois uma pessoa de cinquenta anos não consegue se adaptar tão facilmente numa faculdade e precisa passar por um período de adaptação. A questão é que tudo isso parece ter sido esquecido para dar a produção um clima ameno e diálogos engraçados. Os diálogos realmente são divertidos e conseguem arrancar algumas risadas do público, mas toda essa facilidade em resolver os dilemas da vida levam ao pensamento de que estamos diante de um filme falso e sem tempero. Não posso nem questionar as interpretações dos atores principais, pois os dois são craques e mundialmente conhecidos por este tipo de papel. Hanks faz aquele cara boa praça e carismático e Julia Roberts a emburrada, mau amada que precisa de atenção e carinho.

Há ponto positivos na produção, pois a direção de arte está impecável e acerta incrivelmente ao colocar o ambiente meio retrô e a trilha sonora também foi muito bem trabalhada. Há algumas piadas interessantes e algumas vezes até passamos a torcer pelos personagens, mas como já disse e sendo mais repetitivo estamos de diante de uma ilusão de um mundo falso e que jamais irá fazer com que alguém acredite nele. Faltou problemas, faltou drama, porém aposto que sobraram boas intenções.


Nota: 5,5


Trailer do Filme:

Categoria: Comédia Romântica, Mediano, Resenhas de Filmes, Tiago Britto

Sobre o autor ()

Comentários (2)

Trackback URL | Comentários de RSS Feed

  1. Já o meu pré-conceito é a Julia Roberts mesmo…acho ele fraca d+, feia e enjoadíssima.

  2. renatocinema disse:

    Tenho certo pré-conceito em relação a Tom Hanks. Acho que ele tem um super potencial, prêmios merecidos na carreira. Mas, falta a ele deixar de ser o bonzinho.

    Precisa ser um grande vilão para eu, particularmente, gostar mais dele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Best Christmas Gifts For Football Fanatics
Super Bowl Party Recipe Favorites For All Ages
The Worthy Discount Jerseys
Scoring With Sports Fundraising
The Real Meaning To Obtain Discount Nfl Jerseys From China
Professional Practice Make Mlb Players Perfect
The Top 10 Sports Jerseys Of 2010
Nothing Wrong With Logos On Wnba Jerseys
Sports Team Shower Curtains
5 Can't Miss Baseball Gifts For Kids
cheap jerseys
wholesale jerseys
cheap nfl jerseys
wholesale jerseys
cheap nba jerseys
wholesale nba jerseys
nba jerseys cheap
cheap jerseys