cheap jerseys| wholesale jerseys| Cheap Jerseys Hot Sale For World Cup| Cheap NFL Jerseys Supply, Wholesale Jerseys China Free Shippi| Cheap authentic jerseys,Wholesale jerseys Quality Cheap Jerseys| Cheap China Jerseys From China Wholesale NFL Jerseys Free Shipping| Wholesale NFL Nike Jerseys Free Shipping For Sale Cheap | cheap jerseys from china:wholesale jerseys free shipping| Cheap China Jerseys From China Wholesale NFL Jerseys Free Shipping| NFL Jerseys China: Authentic Quality Cheap Jerseys

[Resenha/Crítica]: Personal Shopper

 

Nada é o que parece.

Desde que começou sua carreira cinematográfica, Kristen Stewart (Café Society) vem conquistando, aos poucos, amores e ódios quanto à sua dramaticidade ou ao seu desempenho nas telas. Ela “aparece” de verdade como filha de Jodie Foster, em O Quarto do Pânico, depois fez mais alguns filmes até chegar naquele que lhe faria ser conhecida mundo afora, a saga Crepúsculo. Mas Crepúsculo não era aquela Coca-Cola toda, muito pelo contrário, tanto história quanto desempenho de seus atores eram dos mais fracos que se tem notícia. Pelo menos serviu para catapultar sua carreira, que depois disso vem trabalhando cada vez mais, sendo requisitada por grandes diretores como Woody Allen, Kelly Reichardt, Walter Salles, Richard Glatzer e já estando no segundo filme de Olivier Assayas.

E Personal Shopper é o filme mais emblemático da já extensa carreira de Stewart. No filme ela é 100% dona da história. Aqui ela é Maureen, tem o dom mediúnico. É uma garota que cuida das vestimentas das celebridades, escolhendo as roupas que irão usar, vivendo na França. Seu irmão gêmeo, que também era médium, morrera a pouco tempo. Maureen está tentando algum tipo de contato com ele. Os irmãos prometeram manter contato, caso um deles morresse. Maureen ainda mantém certa aproximação com seu namorado e com sua cunhada viúva. O filme tem várias vertentes que sempre desembocam para a pessoa de Maureen, e a vida após a morte é a das mais instigantes. Não que queiram provar sua existência, mas é o tema principal da história. E você pode acreditar no que quiser. Tudo pode ser uma ideia da cabeça de Maureen ou tudo pode ser a própria realidade. Personal Shopper brinca com os estilos cinematográficos, ele não se roga em querer assustar, para logo depois fazer um drama, para mais tarde virar um filme policial, mas com tudo isso, em sua essência, ele é um terror psicológico bem elaborado, mesmo vacilando em alguns pontos, como as mensagens instantâneas via celular, Personal Shopper te instiga em todas suas cenas, do início ao fim, e isso só um bom diretor, com um bom roteiro e uma boa atriz, conseguem fazer. Ele quer te fazer perguntas, sem deixar muitas respostas. Por isso ele vai crescendo até quando acaba sua história, pois continuamos a pensar naquilo que acabamos de presenciar.

Personal Shopper tem na direção Olivier Assayas (Depois de Maio), dando uma segunda chance para Kristen Stewart, que está em ascensão em Hollywood, ela  cresce em seus papéis e em personalidade cinematográfica, fazendo de blockbuster aos seus opostos, passando por todos os estilos visuais, isso está fazendo um bem demais para ela. Seu voo será alto e dos melhores, na indústria do entretenimento. E Personal Shopper é filme de terror como você nunca viu, com Kristen Stewart, silenciosa ou não, com grande presença em cena e será daqueles filmes parecido com Animais Noturnos, uns vão amar, outros vão odiar fortemente, mas o mais importante é que ele não ficará incólume a nenhum coração que queira um pouco de calor. E sobre a morte, sempre terá grandes questões. O meu coração esquentou.

Nota do CD:

[Rating:3.5/5]

Sinopse:Maureen é personal shopper, ela cuida das roupas que as celebridades irão vestir. Ela tem o dom da mediunidade e seu irmão gêmeo morrera a pouco tempo. Maureen está tentando algum tipo de contato com ele.

Trailer do Filme:

 Ficha Técnica:

Título original: Personal Shopper
Direção: Olivier Assayas
Roteiro: Olivier Assayas
Produção: Charles Gillibert
Fotografia: Yorick Le Saux
Edição: Marion Monnier
Música: Nicolas Cantin, Nicolas Moreau, Olivier Goinard
Figurino: Jürgen Doering
Gênero: Suspense
País: França
Ano: 2016
COR
Duração: 105 minutos
Classificação: a verificar
Elenco: Kristen Stewart, Lars Eidinger, Sigrid Bouaziz, Anders Danielsen Lie, Nora von Waldstätten, Benjamin Biolay

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Categoria: Detalhando, Drama, Em Cartaz, Resenhas de Filmes, Suspense, Vavá Pereira

Sobre o autor ()

Um publicitário que ama os filmes desde que nasceu. De Closer a O Senhor dos Anéis, de Uma Linda Mulher a O Poderoso Chefão. Sim, eu amo Julia Roberts! Gosto de quem gosta dos filmes que gosto, mas gosto mais ainda de quem não gosta, pois uma boa discussão não faz mal a ninguém.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *