cheap jerseys| wholesale jerseys| Cheap Jerseys Hot Sale For World Cup| Cheap NFL Jerseys Supply, Wholesale Jerseys China Free Shippi| Cheap authentic jerseys,Wholesale jerseys Quality Cheap Jerseys| Cheap China Jerseys From China Wholesale NFL Jerseys Free Shipping| Wholesale NFL Nike Jerseys Free Shipping For Sale Cheap | cheap jerseys from china:wholesale jerseys free shipping| Cheap China Jerseys From China Wholesale NFL Jerseys Free Shipping| NFL Jerseys China: Authentic Quality Cheap Jerseys

Crítica: Reféns (Trespass)

Quando assisti este trailer pela primeira vez, imaginei que estaria diante de uma bela produção, que iria me apresentar uma estória interessante e que tinha um elenco muito competente. Após alguns minutos voltei e repensei o que poderia esperar de um filme que reuniria dois atores em decadência e o diretor eternamente lembrado pelo péssimo Batman em Robin. Neste estante comecei a temer o que estaria por vir e acertei em cheio no que posso descrever sobre este longa. O começo é interessante e cativante, mas a cada minuto que passa, o roteiro se torna mais questionável e sem sentido.

No filme, uma família é feita refém em sua própria casa. Ao contrário do que poderíamos imaginar Kyle, patriarca da família, não cede a pressão dos bandidos e se demonstra decido em relutar num jogo de negociação com eles. Achando que o dinheiro seria fácil e de certa forma desesperados, os assaltantes entram no jogo de Kyle e pouco a pouco vão perdendo o controle da situação. Para tentar sobreviver, a família passa a revelar todos os seus segredos e vão se redescobrindo a medida que o tempo passa e o risco aumenta.

Não adianta vir mais aqui e falar de Nicolas Cage (Caça ás Bruxas, O Aprendiz de Feiticeiro), pois ele já não é mais um referencial de filmes de qualidade e já perdeu o meu respeito. Nicole Kidman (Esposa de Mentirinha, Reencontrado a Felicidade)  ainda tenta se reerguer, mas não está dando muito certo para o seu lado. Cam Gigandet (A Mentira, Padre) não consegue deslanchar na carreira e fiquei triste com a presença do bom Ben Mendelsohn (Reino Animal) interpretando um personagem, nitidamente, não aprofundado. Não entendi muito bem o que quiseram nos fazer acreditar. Simplesmente estou me questionamento se realmente bandidos teriam tanta paciência em um jogo de negociação com quem deveria ser apenas seu refém.

Como já disse na introdução, nem tudo foi tão péssimo assim, pois o começo é realmente interessante e o inicio da interação entre a família e os bandidos foi bem argumentado e trabalhado. As coisas caminhavam bem, mas começaram a se tornar repetitivas e as idéias de traição e a eterna confiança do patriarca da família, não foram bem empregadas, ficando devendo demais para aqueles que pararam para refletir a produção.

Cinema Detalhado: 3,0
IMDB: 5,4
Rotten Tomatoes: 3,6


Trailer do Filme:

Categoria: Muito Fraco, Resenhas de Filmes, Thriller, Tiago Britto

Sobre o autor ()

Comentários (1)

Trackback URL | Comentários de RSS Feed

  1. renatocinema disse:

    Depois de ler a crítica do omelete.com.br fiquei com medo do filme…..kkk.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *